Policias despedidos após dizerem que ratos comeram meia tonelada de canábis

M.B. 12 de abril de 2018

O desaparecimento das drogas foi notado durante uma auditoria a um armazém na cidade de Pilar, a 60 quilómetros de Buenos Aires

Quatro polícias argentinos foram despedidos após alegarem que mais de meia tonelada de canábis tinha desaparecido por ter sido comida por ratos. O desaparecimento das drogas foi notado durante uma auditoria a um armazém na cidade de Pilar, a 60 quilómetros de Buenos Aires, noticiou na quarta-feira o The Guardian.

A canábis estava guardada há cerca de dois anos. Dos seis mil quilos registados, apenas 5,460 foram encontrados, explica o jornal britânico.

As suspeitas recaíram sobre o antigo comissário da polícia Javier Specia, cujo cargo abandonou em Abril de 2017. O responsável nunca tinha assinado o inventário relativo à apreensão das drogas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais