Oito crianças mortas no primeiro dia de aulas na China

Oito crianças mortas no primeiro dia de aulas na China
Diogo Barreto 03 de setembro de 2019

O suspeito estava armado com um cutelo e atacou várias crianças na cidade de Enshi de forma aparentemente aleatória. O homem já foi detido.

Oito crianças perderam a vida no primeiro dia de aulas. Um homem terá invadido a escola com um cutelo e atacado várias crianças de forma aparentemente aleatória. Um suspeito foi detido e está atualmente sob custódia policial. O homicídio em massa ocorreu na cidade de Enshi, na segunda-feira de manhã.

Segundo a imprensa local citada pela Associated Press, o suspeito tinha acabado de sair da prisão e o ataque terá servido como uma forma de se vingar da sociedade. "Ele queria vingar-se da sociedade e por isso pegou num cutelo e foi até à escola primária de Chaoyangpo", revela uma fonte citada pela AP. A polícia e o estado chinês recusaram-se a comentar as possíveis causas do ataque. 

O número de mortos foi confirmado esta terça-feira de manhã, depois de, esta segunda, as fontes oficiais falarem de dez crianças feridas com gravidade. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais