Madeleine Albright: "Angela Merkel é claramente uma grande líder"

Madeleine Albright: 'Angela Merkel é claramente uma grande líder'
Nuno Tiago Pinto 13 de agosto de 2017

Nasceu Marie Jana Korbelová, na República Checa. Viveu no Reino Unido e na Suíça antes de a família fugir para os Estados Unidos. Aí tornou-se a primeira mulher a chegar a secretária de Estado, no governo de Bill Clinton, entre 1997 e 2001. Desde então que é “madam secretary”

Duas semanas depois de celebrar o 80º aniversário, Madeleine Albright subiu ao palco na 5ª edição das Conferências do Estoril para proferir um discurso dedicado aos principais desafios das democracias modernas. "Madam secretary", como ficou conhecida, não poupou nas palavras. "As democracias enfrentam uma ameaça existencial", disse logo no início de um discurso de 25 minutos.

Para a antiga diplomata, o mundo vive hoje uma fase de transição semelhante às que ocorreram após a II Guerra Mundial e no fim da Guerra Fria. Nessa época, as vagas democráticas tomaram conta do mundo com a teoria – ainda hoje dominante – de que não há guerra entre democracias.

Contudo, para a primeira mulher a tornar-se secretária de Estado, hoje em dia já não podemos dar nada como certo. Nem na Europa, ameaçada por uma Rússia liderada por Vladimir Putin, nem mesmo nos Estados Unidos, onde Donald Trump conquistou a presidência. "Fui demasiado optimista", disse em palco.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais