Iraniana condenada a 20 anos de prisão por tirar lenço da cabeça

David Oliveira com Leonor Riso 10 de julho de 2018

Até agora, as autoridades iranianas não confirmam a alegada condenação que foi feita no blogue pessoal da mulher

Uma mulher iraniana foi condenada a 20 anos de prisão por ter removido o seu  hijab em público por protesto, em Dezembro de 2017.

Shapark Shajarizadeh, 42 anos, afirma no seu blogue pessoal que foi sentenciada a 2 anos de prisão e a 18 anos de liberdade condicional por protestar contra a obrigatoriedade de usar véu e abanar uma bandeira branca, símbolo de paz, na rua.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais