CDS lembra Belmiro de Azevedo como "empreendedor ímpar"

Lusa 29 de novembro de 2017
As mais lidas

Mota Soares diz que antigo presidente da Sonae "demonstrou sempre que acreditava nas empresas portuguesas".

O CDS lamentou a morte do empresário Belmiro de Azevedo que o deputado Mota Soares recordou como "um empresário e um empreendedor ímpar em Portugal" e apresentou condolências à família.

Pedro Elias
"Foi um empresário e empreendedor ímpar em Portugal. Foi alguém que mudou muito o sector da distribuição, mas que depois fez um conjunto de investimentos no sector da comunicação social", disse Luís Pedro Mota Soares, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, em Lisboa.

Para o deputado centrista, o antigo presidente da Sonae "demonstrou sempre que acreditava nas empresas portuguesas, demonstrou sempre uma fortíssima aposta na internacionalização da economia, na inovação, na qualificação dos seus quadros".

Belmiro de Azevedo, um dos homens mais ricos de Portugal, que esteve décadas na Sonae e a transformou num império com negócios em várias áreas e extensa actividade internacional, morreu esta quarta-feira aos 79 anos.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais