Presidente do PAOK banido de estádios três anos e clube perde três pontos

Lusa 29 de março de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 4 a 10 de março
As mais lidas

No jogo disputado em Salónica, Ivan Savvidis, presidente do PAOK, entrou em campo de pistola à cintura e contestou uma decisão da arbitragem.

PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado
PAOK presidente armado

A Liga grega de futebol anunciou esta quinta-feira ter banido o presidente do PAOK, Ivan Savvidis, dos estádios durante três anos, depois de ter entrado em campo armado durante um jogo com o AEK, a 11 de Março.

Além de banir o empresário durante três anos, o mesmo terá de pagar 100 mil euros de multa e o PAOK perde três pontos na tabela, caindo para o terceiro lugar, a cinco do líder, o AEK, e a um do Olympiacos.

A decisão, que inclui ainda uma multa de 63 mil euros para o clube, pode ainda ser alvo de recurso para a Federação Grega de Futebol (EPO).

O incidente levou a que o vice-ministro dos Desportos, Yiorgos Vassiliadis, suspendesse o campeonato, que vai ser retomado este fim de semana, três semanas depois.

No jogo disputado em Salónica, Ivan Savvidis, presidente do PAOK, entrou em campo de pistola à cintura e contestou uma decisão da arbitragem.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais