Liliana Cá: "Na primeira medalha que ganhei, lancei o disco parada"

Liliana Cá: 'Na primeira medalha que ganhei, lancei o disco parada'
Carlos Torres 21 de julho

Foi mãe, mudou-se para Londres e desistiu da carreira. No regresso a Portugal, já com 30 anos, encontrou por acaso o antigo treinador num centro comercial e decidiu voltar a dedicar-se ao lançamento do disco. Em boa hora o fez: agora bateu o recorde nacional e vai estrear-se nuns Jogos Olímpicos.

Aos 34 anos, e depois de uma paragem para ser mãe, Liliana Cá obteve o melhor resultado da carreira, batendo o recorde nacional no lançamento do disco: aconteceu em março deste ano, em Leiria, quando atingiu 66,40 metros, suplantando as marcas de Teresa Machado (65,40 m) e de Irina Rodrigues (63,96 m).

Curiosamente, Liliana até decidiu experimentar o lançamento do disco, quando tinha 10 ou 11 anos, porque era preguiçosa: "Como eu não queria correr, e como a minha irmã já estava a fazer lançamentos, disse que também queria experimentar".

Liliana falou com a SÁBADO na estação fluvial do Terreiro do Paço, em Lisboa, recordando os tempos em que tinha de atravessar o rio Tejo de barco, para se deslocar de casa, no Barreiro, até ao estádio do Sporting ou até à Cidade Universitária, onde ia disputar as provas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais