Novo coronavírus multiplica-se mil vezes mais na garganta que o vírus do SARS

Novo coronavírus multiplica-se mil vezes mais na garganta que o vírus do SARS
Mariana Branco 03 de abril de 2020

Estudo alemão revela que o novo coronavírus tem uma carga viral mil vezes superior ao da Síndrome Respiratória Aguda Grave – outro coronavírus que surgiu na China em 2002.

A comunidade científica ainda não conseguiu perceber como é que um vírus desconhecido há três meses conseguiu espalhar-se pelo mundo e obrigar milhões de pessoas a ficar fechadas em casa. Mas, depois de uma análise exaustiva a nove jovens infetados na Alemanha, foi possível entender melhor a propagação da doença. Este novo agente patogénico, de acordo com a investigação liderada pelo médico alemão Clemens Wendtner publicada na Nature, tem uma carga viral mil vezes superior ao da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) – outro coronavírus que surgiu na China em 2002 e matou quase 800 pessoas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais