Investigou se a covid-19 saiu de um laboratório e recebeu ameaças de morte

Investigou se a covid-19 saiu de um laboratório e recebeu ameaças de morte
SÁBADO 24 de novembro
As mais lidas

Alina Chan, uma cientista de 33 anos, está a pensar mudar de nome. Tudo por causa da sua investigação sobre a teoria de que o vírus da covid-19 pode ter saíde de um laboratório em Wuhan.

Alina Chan, é uma cientista de Harvard, que durante 18 meses investigou se a covid-19 poderia ter saído de um laboratório na cidade chinesa de Wuhan, o primeiro lugar onde foi detetado o vírus. Aos 33 anos, a cientista pondera mudar de nome depois de esta investigação lhe ter trazido ameaças de morte.

Alina Chan
"Eu só queria questionar como este vírus se adaptara tão bem à propagação entre seres humanos. Afinal, tudo isto foi motivado unicamente pela minha curiosidade. Além disso, tenho o péssimo hábito de não pensar bem nas consequências pessoais", disse em entrevista ao The Times.

Para ler na Máxima.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais