Criador da vacina da Pfizer diz que vida regressa ao normal no próximo inverno

Criador da vacina da Pfizer diz que vida regressa ao normal no próximo inverno
Ana Bela Ferreira 15 de novembro de 2020

Ugur Sahin, um dos fundadores da BioNTech, antecipa que o impacto da vacina vai começar a fazer sentir-se no verão. Parceiro da Pfizer naquela que é uma das vacinas mais promissoras acredita também que casos vão começar a cair drasticamente com a vacinação.

O impacto de uma nova vacina contra a covid-19 vai começar a sentir-se de forma significativa durante o verão e a vida deve voltar ao normal no próximo inverno, defende um dos criadores de uma das vacinas mais promissoras até à data - a do consórcio da Pfizer com a BioNTech-, em entrevista à BBC One.

Ugur Sahin, cofundador da BioNTech, espera ainda que a vacina possa reduzir pela metade a transmissão do vírus, o que significaria uma "redução dramática dos casos".

Na semana passada, a BioNTech e a Pfizer anunciaram resultados preliminares de que a sua vacina previne que mais 90% das pessoas contraiam a covid-19. Cerca de 43.000 pessoas participaram nos testes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais