O poder e os milhões do nonagenário Rupert Murdoch

O poder e os milhões do nonagenário Rupert Murdoch
Sónia Bento 19 de março

A sua influência política continua intacta, assim como a fama de conquistador. Aos 90 anos, o magnata dos media tem uma fortuna de 20 mil milhões de euros.

Rupert Murdoch tornou-se no nonagenário mais poderoso do mundo. A influência política do magnata dos media continua intacta assim como a fama de conquistador. Completou 90 anos no passado dia 11 e continua a ser não só o fundador do seu império mas também presidente e conselheiro delegado e não mostra sinais de querer parar. Aliás, se herdar os genes da mãe, que viveu até aos 103 anos, esse dia pode estar longe. A Forbes calcula a sua fortuna em mais de 20 mil milhões de euros. 

"É uma pessoa extraordinariamente ativa. Esperava que ele estivesse mais cansado, mas participa em imensas reuniões e quando as restrições da covid permitem, envolve-se em todos os assuntos para manter o controlo dos negócios", revelou alguém que teve uma reunião com o empresário, pouco antes do último confinamento, em Holmwood House, a propriedade de estilo georgiano, perto de Henley-on-Thames, Inglaterra, que ele comprou em 2019, por 13 milhões de euros, e onde passou a maior parte do tempo durante a pandemia, com a mulher, Jerry Hall. Foi dos primeiros a ser vacinado e em meados de fevereiro viajou para Los Angeles, pronto para continuar a trabalhar.

Capaz de destabilizar qualquer democracia
A sua influência através das revistas, estações de televisão e jornais que detém – como The Wall Street Journal, The New York Post ou Fox News (Estados Unidos), The Sun e The Times (Reino Unido), The Australian  e The Herald Sun (Austrália) e da editora HarperCollins – é interminável. Foi capaz de deixar cair primeiros-ministros, caso do australiano Malcolm Turnbull, e de dirigir subliminarmente a opinião pública no sentido que mais lhe convém.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login