Há 30 anos, Filipe de Edimburgo queria ser um "vírus letal"...

Há 30 anos, Filipe de Edimburgo queria ser um 'vírus letal'...
Sónia Bento 01 de abril de 2020

O marido de Isabel II cometeu umas das suas gafes ao dizer uma piada profética e macabra


As peculiares gafes sempre foram uma característica do especial sentido de humor de Filipe de Edimburgo, que completa 99 anos a 10 de junho. Uma dessas gafes foi proferida há quase 30 anos e provocou um choque na época. Hoje parece ainda mais perturbadora, numa altura em que o mundo está de quarentena por causa do coronavírus. "Se eu tivesse de reencarnar, gostaria de ser um vírus letal para eliminar a superpopulação. O aumento da população humana é a ameaça mais séria para o planeta", disse o pai do príncipe Carlos durante uma conferência de imprensa com o Deutsche Press Agentur, em 1988. Na época, a frase foi registada como uma das suas piadas, mas hoje ressoa como algo macabro e profético.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui