A vida desconhecida de Maud Queiroz Pereira
14 de outubroAna Taborda

A vida desconhecida de Maud Queiroz Pereira

A matriarca de uma das mais poderosas famílias portuguesas deixou milhares de euros aos empregados e distribuiu as suas muitas joias e peças de arte pela família e amigos. Discreta e aventureira, chegou a saltar de paraquedas com um dos filhos e até aos 94 anos nadava todos os dias – só já não mergulhava de cabeça.

O juiz que  voltou para abalar o sistema
27 de setembroMargarida Davim

O juiz que voltou para abalar o sistema

Esteve 10 anos fora da magistratura. Começou a tomar posições públicas contra o confinamento e pediu para voltar a ser juiz. Esteve em funções menos de um mês antes de ser suspenso e ainda não parou de provocar polémicas.

 Um revolucionário de... consensos
15 de setembroTiago Carrasco

Um revolucionário de... consensos

Tinha o hábito de atribuir alcunhas. Ao líder do PCP chamou Doutor ABC, sigla de Álvaro Barreirinhas Cunhal. Rebelde na universidade, cometeu um erro de que se arrependeu até ao fim da vida: ficou em casa no 25 de Abril.

Os dias e as noites das facas longas
15 de setembroTiago Carrasco

Os dias e as noites das facas longas

Sócrates, Vara e Guterres não o pouparam no PS. Entrou em guerra com Belmiro de Azevedo por causa do Colombo, vetou Marcelo para comissário da Capital da Cultura e Esteves Cardoso acusou-o de ser alcoólico.

Jorge Sampaio: 81 anos, 81 amigos, adversários e ídolos
10 de setembroDiogo Barreto

Jorge Sampaio: 81 anos, 81 amigos, adversários e ídolos

Ao longo de 81 anos, Jorge Sampaio deixou-se influenciar pelas mais diversas figuras de Xanana a Martin Luther King. Mas também houve quem não se tivesse rendido aos seus encantos como Santana Lopes, com quem sempre teve uma relação difícil.

Dina e Mena, os dois amores de Otelo
08 de setembroLuís Pedro Cabral

Dina e Mena, os dois amores de Otelo

Até ao último dos seus dias, Otelo conduziu uma revolução. Não aquela que todos sabemos. A outra, de que ninguém quer falar: ousou amar duas mulheres, sem abdicar de nenhuma. Uma vivia em Oeiras, a outra em Carnaxide. Dina e Mena evitaram-se sempre e os filhos zangaram-se com Otelo e só voltaram a estar com ele dias antes da morte.

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)