Mesquita Nunes defende-se de ataques homofóbicos
14 de maioDiogo Barreto

Mesquita Nunes defende-se de ataques homofóbicos

Foram distribuídos panfletos com uma mensagem com teor homofóbico a atacar o antigo vice-presidente do CDS na Covilhã. "A vossa mensagem mostra por que razão a Covilhã está politicamente como está", responde Mesquita Nunes.

Guerra Colonial. Os apelos que ficaram sem resposta
03 de maioAntónio Luís Marinho

Guerra Colonial. Os apelos que ficaram sem resposta

Os últimos anos antes do início da guerra em Angola, na Guiné e em Moçambique foram de intensa actividade diplomática por parte dos movimentos nacionalistas, tentando seguir a via do diálogo, evitando assim um conflito armado.

O 4 de fevereiro em Angola: a história de uma conspiração
22 de fevereiroAntónio Luís Marinho

O 4 de fevereiro em Angola: a história de uma conspiração

Há 60 anos, o assalto às prisões de Luanda falhou, mas tornou-se o símbolo do arranque da luta pela independência. A SÁBADO conta-lhe episódios desconhecidos, as superstições e os segredos dos preparativos. Parte 1.

Take aways do Grande Porto: unir para sobreviver
13 de novembro de 2020Filipa Teixeira

Take aways do Grande Porto: unir para sobreviver

Marcos Allen é um dos rostos por trás deste grupo criado em março para aproximar os restaurantes dos consumidores. Atualmente, a página Take-aways no grande Porto conta com mais de 21 mil seguidores

Jogar velho, descobrir o novo: o que se passa no mundo dos videojogos
03 de julho de 2020André Santos

Jogar velho, descobrir o novo: o que se passa no mundo dos videojogos

Na última década, os jogos entraram de forma diferente na cultura popular. A geração que cresceu com eles começou a introduzir a sua influência no dia a dia, no trabalho ou na forma como “gamifica” o quotidiano. A tendência é alimentada a clássicos, remakes e novidades

O Goela e o conforto da comida por take-away
27 de maio de 2020Filipa Teixeira

O Goela e o conforto da comida por take-away

Da cozinha de João Ribeiro, nascida antes da pandemia já como projeto de takeaway, saem criações de todas as partes do mundo com a assinatura de random comfort food.

3
Covid-19 revolucionou a Função Pública. Será para sempre?
09 de maio de 2020Margarida Davim

Covid-19 revolucionou a Função Pública. Será para sempre?

Pandemia pôs 68 mil funcionários públicos em teletrabalho. Muitos fizeram noitadas e trabalharam ao fim de semana. Quando o surto passar, o Governo quer 25% destes trabalhadores a trabalhar de casa, mas não garante equipamentos. Sindicatos têm dúvidas.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)