Ventiladores chineses chegam com instruções em... mandarim

Ventiladores chineses chegam com instruções em... mandarim
Leonor Riso 23 de abril de 2020

Secretário de Estado da Saúde admitiu a existência de ventiladores com os botões e indicadores em mandarim. Bastonária dos Enfermeiros frisa que é "um problema" e que o ventilador é um instrumento complexo.

Esta quinta-feira, durante a conferência de imprensa sobre os novos números relativos às infeções pelo novo coronavírus, o secretário de Estado da Saúde confirmou que há ventiladores com os botões e indicadores em mandarim comprados para o Serviço Nacional de Saúde (SNS). A compra ocorreu para reforçar a resposta à pandemia de Covid-19.

"Tivemos de recorrer ao mercado e o nosso recurso ao mercado, em termos de ventiladores, foi ao mercado chinês. Alguns ventiladores vêm com indicadores e botões em chinês mas nesses mesmos ventiladores existem indicadores que são universais e que permitem ter acesso facilitado", disse António Lacerda Sales. Entre esses indicadores, encontram-se os de saturação de CO2 (dióxido de carbono) ou de O2 (oxigénio). 

Monitor

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais