PSD quer levar adopções da IURD a comissão eventual no Parlamento

Lusa 22 de junho de 2018
As mais lidas

O anúncio desta comissão eventual foi feito pela deputada do PSD Teresa Morais.

O PSD propôs hoje a criação de uma comissão eventual no parlamento para averiguar eventuais irregularidades na adopção de crianças, na sequência do caso da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

O anúncio desta comissão eventual foi feito pela deputada do PSD Teresa Morais, que justificou que "o parlamento tem que chamar a si a responsabilidade" de fazer uma averiguação ao que aconteceu e se ainda hoje se registam procedimentos irregulares nas adopções em Portugal.

Esta será a terceira iniciativa anunciada pelos partidos, na sequência do caso das alegadas adopções ilegais pela IURD nos anos 90, revelado por uma série de reportagens da TVI e que motivou uma petição de cidadãos à Assembleia da República.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais