Polícia usa critérios étnicos para avaliar o risco em certos bairros

Polícia usa critérios étnicos para avaliar o risco em certos bairros
Diogo Barreto 18 de fevereiro de 2019

Uma diretiva de 2006 utiliza a "composição étnico-social" de um bairro como um dos critérios para avaliar o seu grau de risco. PSP afirma que não é usada, mas em 2016 foi aplicada três vezes.

Apesar de em Portugal não ser permitido recolher dados sobre etnias ou raças, a PSP utiliza critérios étnicos na avaliação do grau de risco de zonas urbanas sensíveis. O Comando Metropolitano de Lisboa tem mesmo uma grelha onde a PSP classifica o grau de risco de um bairro tendo em conta se a sua "composição étnico-social" é "estável, instável ou problemática", tendo em conta ainda outros critérios.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais