Pandemia tirou emprego a 122 mil jovens. JSD acusa Governo de "sacrificar" geração

Pandemia tirou emprego a 122 mil jovens. JSD acusa Governo de 'sacrificar' geração
Alexandre R. Malhado 06 de agosto de 2020

O deputado e presidente da JSD, Alexandre Poço, diz que é preciso "travar esta sangria de emprego jovem".

Jovens com menos de 35 anos foram dos que sofreram mais com o ajustamento imposto pela crise pandémica, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao segundo trimestre deste ano. Ao registar-se menos 122 mil jovens empregados, a Juventude Social Democrata (JSD) acusa o Governo de "sacrificar os jovens" e exige "ações rápidas".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais