Investigação

Operação Prolongamento: o "saque" à Altice e ao FC Porto

Operação Prolongamento: o 'saque' à Altice e ao FC Porto
Carlos Rodrigues Lima 19 de janeiro

Pinto da Costa foi alvo de escutas telefónicas durante vários meses. A investigação seguiu-lhe os passos e até acompanhou um almoço com os empresários Pedro Pinho e Hernani Vaz Antunes. Procurador diz que houve desvio de fundos das duas sociedades

Dois dias depois de o juiz Carlos Alexandre ter decretado, a 10 de julho de 2021, as medidas de coação no processo "Cartão Vermelho", um Porsche Taycan Turbo S estacionou no parque do restaurante "Dona Júlia", em Braga, ao lado de um Mercedes Classe S 400D MATIC e de outra viatura da mesma marca, mas modelo inferior. Escondidos algures na estrada da Falperra, dois inspetores tributários registaram e fotografaram todos os movimentos dos quatro convivas: os empresários de jogadores Bruno Macedo e Pedro Pinho, o comissionista Hernâni Vaz Antunes e Vespasiano Macedo, advogado em Braga e pai de Bruno Macedo, um dos arguidos da Operação Cartão Vermelho.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana