O que pode acontecer aos filhos do embaixador do Iraque?

O que pode acontecer aos filhos do embaixador do Iraque?
Leonor Riso 19 de agosto de 2016

São os dois suspeitos da agressão a Rúben Cavaco, que se encontra em coma induzido no hospital de Santa Maria. Pais vão recorrer a advogado

Rúben Cavaco, de 15 anos, mantém-se em coma induzido nos cuidados intensivos pediátricos no Hospital de Santa Maria. Na madrugada de quarta-feira, o jovem foi brutalmente agredido em Ponte de Sor. Os suspeitos são os dois filhos gémeos de 17 anos do embaixador do Iraque em Portugal, Saad Mohammed Ridha.

O jovem sofreu múltiplas fracturas e um traumatismo craniano. Deixado desfigurado, já foi sujeito a uma operação de reconstrução da face. O seu estado grave levou à necessidade de transporte via helicóptero para Lisboa.

Ao Diário de Notícias, a penalista Vânia Costa Ramos explicou que pode ser levantada a imunidade ao embaixador e deste modo, aos seus filhos, levando à condução do processo em Portugal. Outra opção é a do Iraque exercer jurisdição sobre o embaixador e punir os jovens segundo os termos da justiça iraquiana. O embaixador Saad Mohammed Ridha pode ainda ser considerado persona non grata e ser expulso do nosso país. Todas estas opções só podem ser decididas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, de acordo com o Direito Internacional.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais