Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

Lusa 31 de março de 2020
As mais lidas

O coronel Andrade de Moura comandou o Esquadrão de Reconhecimento do Regimento de Cavalaria 3 (RC3) de Estremoz, que participou nas movimentações militares que derrubaram a ditadura. Tinha 87 anos.

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou hoje homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu aos 86 anos.

25 de Abril
25 de Abril Pedro Catarino

A morte do coronel Luís Fernando Andrade de Moura, que ocorreu no dia 23 deste mês, foi hoje divulgada pelo município de Estremoz, que em comunicado presta homenagem ao militar e apresenta condolências à família.

O coronel Andrade de Moura comandou o Esquadrão de Reconhecimento do Regimento de Cavalaria 3 (RC3) de Estremoz, que participou nas movimentações militares que derrubaram a ditadura.

Na manhã do dia 25 de Abril de 1974, foi sob o comando do então capitão Andrade de Moura que o Esquadrão do RC3 se dirigiu a Lisboa, até ao quartel do Carmo, "onde foi conseguida a rendição do Presidente do Conselho, Marcelo Caetano, e proclamada a Liberdade", lembra o município alentejano.

O coronel Andrade de Moura, que nasceu a 06 de maio de 1933, foi uma "importante figura da nossa história contemporânea" e uma pessoa que sempre esteve ligada ao Regimento de Cavalaria 3 e à cidade de Estremoz, sublinha a autarquia.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais