Ministério Público pede 25 anos de prisão para Pedro Dias

Alexandra Pedro 15 de fevereiro de 2018

Homicida de Aguiar da Beira está esta quinta-feira no Tribunal da Guarda. Pedro Dias garantiu que só disparou sobre os militares da GNR porque estava a ser agredido

O Ministério Público pediu 25 anos de prisão para Pedro Dias, o homicida de Aguiar da Beira, que está esta quinta-feira a ser julgado no Tribunal da Guarda. Pedro Dias assumiu ter matado o militar da GNR Carlos Caetano, de 29 anos, mas assegurou que só disparou sobre os militares da GNR porque estava a ser agredido. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais