Ministério Público acusou dois arguidos do vídeo viral

Alexandra Pedro 23 de maio de 2016

Duas acusações e dois inquéritos tutelares educativos é o resultado da investigação do Ministério Público

O vídeo do jovem a ser agredido numa escola da Figueira da Foz, que se tornou viral na Internet, resultou em dois arguidos pelo crime de ofensa à integridade física qualificada e numa menor sujeita a acompanhamento educativo, segundo avança a TSF.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais