Marrocos cede dois aviões Canadair

Lusa 10 de agosto de 2016
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 21 a 27 de janeiro
As mais lidas

O Governo português também accionou formalmente o mecanismo europeu de protecção civil e obteve a resposta positiva de um avião Canadair italiano que virá para Portugal ajudar no combate aos incêndios

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, anunciou esta quarta-feira que Marrocos vai ceder dois aviões Canadair para ajudar no combate aos incêndios em Portugal. "Neste momento já accionámos mais mecanismos. Já conseguimos mais dois Canadair que vêm de Marrocos e que amanhã [quinta-feira] já estão operacionais. Uma oferta do Reino de Marrocos que agradecemos, mas, neste momento, o nosso foco tem que ser nesta luta contra este fenómeno que é, naturalmente, agravado por uma meteorologia adversa", afirmou a governante.

Pedro Catarino
A ministra anunciou ainda ter sido accionado o protocolo bilateral estabelecido com a Federação Russa para a vinda de mais meios, sem especificar, porém, quantos são ou quando chegam.

O anúncio da governante foi feito em Viana do Castelo, um dos distritos mais afectados pelos fogos florestais dos últimos dias. Estes meios marroquinos juntam-se ao Canadair já cedido por Itália e a outros dois disponibilizados por Espanha.

Hoje, o Governo português accionou formalmente o mecanismo europeu de protecção civil e obteve a resposta positiva de um avião Canadair italiano que virá para Portugal ajudar no combate aos incêndios, disse à Lusa fonte oficial.

A ministra da Administração Interna, que se reuniu com o presidente da Comissão Distrital de Protecção Civil e autarca de Viana do Castelo, José Maria Costa, e com os operacionais do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) disse que o Alto Minho está a enfrentar uma situação "bastante grave", mas rejeitou a falta de meios para combate aos fogos que fustigam a região.

"Este distrito tem tido muita ajuda nacional. Tem tido todos os meios disponíveis que também têm que estar disponíveis para outros distritos que, igualmente estão a ser assolados", referiu.

Segundo a fonte do Ministério da Administração Interna, o Governo português já fez o pedido formal de ajuda aos Estados-membros da União Europeia em matéria de protecção civil para fazer face aos muitos incêndios que lavram no Norte e Centro do país.

Na terça-feira, dois aviões Canadair espanhóis eram esperados na zona de Viana do Castelo para reforçar o combate aos 11 incêndios então em curso no distrito, revelou o presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil (CDPC), José Maria Costa.

Mais de 2.000 operacionais estavam esta quinta-feira, às 19h50, a combater 13 grandes fogos florestais no continente português e vários focos de incêndio na ilha da Madeira.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais