Mais de um terço das casas ardidas em Outubro do ano passado sem apoio

Mais de um terço das casas ardidas em Outubro do ano passado sem apoio
Diogo Camilo 17 de setembro de 2018

Em 1289 pedidos de apoio feitos à CCDRC, 466 foram recusados. Os incêndios de 15 de Outubro de 2017 na região Centro provocaram 49 mortes, além da destruição de mais de 1500 casas.

Mais de um terço dos pedidos de apoio de reconstrução de habitações ardidas nos incêndios do dia 15 de Outubro de 2017 foi recusado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

De acordo com entidade, foram registados 1289 pedidos de apoio inseridos no Programa de Apoio à Recuperação de Habitação Permanente (PARHP). No entanto, 466 destes não tiveram qualquer desenvolvimento do processo, tendo sido recusados – isto representa uma percentagem de 36,2%.

Na passada terça-feira, dia 11 de Setembro, a CCDRC lançou um formulário electrónico para ajudar "a submissão de denúncias sobre factos ou processos que não pareçam transparentes".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais