Madeira sem novos casos de Covid-19 pelo quinto dia consecutivo

Lusa 29 de abril de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de julho
As mais lidas

Regiãoi autónoma tem, neste momento, 43 casos ativos do coronavírus, um deles hospitalizado devido ao agravamento da sua condição.

A Madeira mantém pelo quinto dia consecutivo o total de 86 casos de covid-19, já com 43 recuperados, informaram hoje as autoridades regionais, indicando que dos 43 doentes ativos, um foi hospitalizado devido ao agravamento da sua condição.

Madeira coronavirus
Madeira coronavirus EPA/HOMEM DE GOUVEIA

"Trata-se de um doente com uma comorbilidade, ou seja, com uma doença de base que exige cuidados adicionais de saúde no contexto hospitalar. Este doente encontra-se estável", esclareceu a vice-presidente do Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), Bruna Gouveia, em videoconferência, no Funchal.

Os restantes doentes mantêm "sintomas ligeiros" e permanecem em isolamento: 11 no domicílio e 31 numa unidade hoteleira.

"Neste momento, temos 70 casos a aguardar resultados de testes laboratoriais", indicou Bruna Gouveia.

Em relação à cadeia de transmissão identificada na freguesia de Câmara de Lobos, onde foi instalada uma cerca sanitária, a responsável do IASAÚDE esclareceu que o número de casos positivos associados é de 31, sete dos quais importados, na sequência de viagens às regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do norte do país, e 24 de transmissão local.

As autoridades regionais de saúde já realizaram 503 testes a pessoas relacionadas com esta cadeia, identificada desde o dia 17 de abril, incluindo profissionais de saúde que contactaram e os 105 utentes e colaboradores do lar de idosos junto ao complexo habitacional Nova Cidade, onde surgiu o foco de contaminação.

Neste bairro, situado perto do centro de Câmara de Lobos, residem cerca de 600 pessoas, que estão também a ser testadas, não havendo para já registo de mais casos positivos, situação que motivará o levantamento da cerca sanitária, em vigor por um período de 15 dias, até 03 de maio.

"Não nos parece que seja necessário continuar com esta cerca sanitária", afirmou o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, sublinhando, no entanto, que "a covid-19 ainda não está erradicada" da Região Autónoma da Madeira.

O executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP, agendou para quinta-feira uma conferência de imprensa para anunciar novas medidas de retoma das atividades económicas, depois da reabertura da indústria extrativa, transformadora, construção civil e conexas em 20 de abril.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais