Lesou o Estado em 60 milhões mas não tem de devolver dinheiro

SÁBADO 09 de dezembro de 2019

Empresário de 58 anos foi condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal mas, como foi absolvido do crime de branqueamento de capitais, Fisco não pode reclamar dinheiro.

Um empresário do Porto, de 58 anos, foi condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada mas não terá de devolver nenhum dos cerca de 60 milhões de euros em que lesou o Estado. De acordo com o Jornal de Notícias, os juízes responsáveis pelo seu julgamento entenderam que o arguido não praticou o crime de branqueamento de capitais e que, por isso, não foi decretada qualquer perda de vantagem.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais