Filha de Louçã foi contratada pelo BE e é paga pelo Parlamento

Filha de Louçã foi contratada pelo BE e é paga pelo Parlamento
Maria Henrique Espada 02 de agosto de 2019

Joana Campos Louçã é "assistente parlamentar" desde 2015. Não é vista em São Bento, é editora do esquerda.net e o BE não divulga quanto ganha. O salário é processado pela Assembleia da República dentro da verba a que os grupos parlamentares têm direito para assessoria aos deputados.

O despacho publicado em Diário da República tem data de 12 de novembro de 2015: "Nomeação de Joana Campos Louçã para a categoria de assistente parlamentar do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, com efeitos a partir do dia 1 de novembro de 2015."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais