Covid-19: António Costa garante que não vai haver "encerramento de fronteiras"

Covid-19: António Costa garante que não vai haver 'encerramento de fronteiras'
Diogo Barreto 29 de outubro de 2020

No final da reunião do Conselho Europeu o primeiro-ministro explicou que o objetivo “é manter a funcionar as fronteiras entre todos os estados-membros” da UE.

O primeiro-ministro António Costa garantiu que não vai ser necessário o fecho das fronteiras portuguesas. No final da reunião do Conselho Europeu, que decorreu via videoconferência, o chefe do Governo explicou que o objetivo acordado é "manter a funcionar as fronteiras entre todos os estados-membros".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais