César diz que "o que há a provar é que Nuno Sá não esteve no plenário"

César diz que 'o que há a provar é que Nuno Sá não esteve no plenário'
Margarida Davim 19 de dezembro de 2018

"O problema é o alegadamente", diz Carlos César sobre a notícia do Observador segundo a qual o deputado do PS Nuno Sá terá marcado presença no plenário quando estava em Famalicão.

Carlos César mantém que um deputado com uma presença-fantasma em plenário "não tem lugar no grupo parlamentar do PS". Mas isso não significa que Nuno Sá esteja de saída da bancada.

Porquê? Porque com os dados em cima da mesa, César diz não ter elementos suficientes para saber se Nuno Sá esteve ou não no plenário de 12 de Junho de 2017. 

"A prova que há a fazer é que não esteve", disse o líder parlamentar do PS aos jornalistas, frisando que "o problema é o alegadamente". Ou seja, faltam as provas de uma eventual fraude.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais