Catarina Martins criticada por declaração sobre 10 de Junho

Catarina Martins criticada por declaração sobre 10 de Junho
Diogo Barreto 11 de junho de 2018

A deputada do Bloco de Esquerda criticou o facto de discursos do 10 de Junho não reconhecerem "violência da expansão portuguesa, a nossa história esclavagista".


Horas depois dos discursos do 10 de Junho feitos pelo Presidente da República e pelo primeiro-ministro, a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, fez uma publicação na rede social Twitter onde criticava o facto de os discursos oficiais continuarem a não reconhecer "a enorme violência da expansão portuguesa", bem como a "história esclavagista, a responsabilidade no tráfico transatlântico de escravos" de Portugal.

Na publicação efectuada na sua conta pessoal da rede social, a deputada à nação diz ainda que esse reconhecimento "até podia ser num 10 de Junho", acrescentando: "Mas ainda não foi hoje".

"Virá o dia em que os discursos oficiais serão capazes de reconhecer a enorme violência da expansão portuguesa, a nossa história esclavagista, a responsabilidade no tráfico transatlântico de escravos. Até podia ser num 10 de Junho. Mas ainda não foi hoje [domingo]", escreveu Catarina Martins na publicação feita na rede social Twitterm republicada abaixo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais