Carlos César: "Todos anseiam" pelo fim do mandato de Carlos Costa  

13 de fevereiro de 2019

As críticas dos políticos ao desempenho do Governador do Banco de Portugal estão a subir de tom. O líder parlamentar do PS diz que até Carlos Costa anseia pelo fim do seu mandato.

Carlos César teceu hoje duras críticas ao desempenho de Carlos Costa à frente do Banco de Portugal, mas diz que não será eficaz avançar para a exoneração do Governador, pois o processo só estaria concluído no final do mandato, que ocorre no próximo ano. 

"Infelizmente o governador do Banco de Portugal teve sempre um desempenho marcado pela passividade", disse Carlos César no programa da TSF Almoços Grátis, acrescentando que a "fragilidade" a que agora está sujeito é "idêntica à que já revelou no passado". 

Ainda assim, o líder parlamentar do PS e presidente do partido recusa ceder à "política do espetáculo" e pedir a exoneração do governador do Banco de Portugal. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais