Câmara de Viana do Castelo distribui 20 mil máscaras a idosos e grupos de risco

Lusa 24 de abril de 2020
As mais lidas

Medida, proposta do vereador da Coesão Territorial, é suportada pelo reforço orçamental de 750 mil euros para a coesão social, ação social escolar e apoio às freguesias.

A Câmara de Viana do Castelo, em parceria com as freguesias, começa hoje a distribuir pelos idosos e grupos de risco 20 mil máscaras de proteção, medida que justifica com o aproximar do fim do estado de emergência.

Getty Images

Em comunicado, a autarquia da capital de distrito referiu que a medida, proposta do vereador da Coesão Territorial, Luís Nobre, é suportada pelo reforço orçamental de 750 mil euros para a coesão social, ação social escolar e apoio às freguesias, decidido pelo executivo municipal.

Na quinta-feira, a Câmara de Viana do Castelo aprovou, por unanimidade, em reunião camarária, um reforço orçamental de 250 mil euros para medidas de prevenção e mitigação socioeconómica motivadas pela pandemia de covid-19.

O montante agora aprovado reforça a verba de 500 mil euros, inicialmente disponibilizada pelo executivo municipal, em 23 de março.

A medida, de acordo com Luís Nobre, citado na nota, "tem início hoje, com a colaboração da Juntas e Uniões de Freguesia, que têm como missão ceder as máscaras aos grupos de risco e às situações de cariz vulnerável no plano social e que, melhor que ninguém, conhecem".

"Esta iniciativa deve-se ao facto de ser necessário estarem preparados para o levantamento gradual e progressivo das medidas de emergência estabelecidas, permitindo desse modo que o país volte a funcionar minimamente como um todo, saindo deste estado de suspensão em que nos encontramos", referiu Luís Nobre.

Além desta distribuição de máscaras, o executivo municipal "já distribuiu pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho um total de 25 mil luvas e 18 mil máscaras, tendo ainda entregado 200 batas aos profissionais das instituições".

Organizou ainda, "entre outras medidas, um banco de voluntários junto dos funcionários da autarquia, que está a dar apoio em diversas atividades e que conta com 54 funcionários de diversas áreas funcionais que estão a distribuir refeições a famílias carenciadas, cabazes pelas famílias sinalizadas, mas também a distribuir Equipamento de Proteção Individual (EPI) pelas IPSS do concelho".

Portugal contabiliza 820 mortos associados à covid-19 em 22.353 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 35 mortos (+4,5%) e mais 371 casos de infeção (+1,7%).

Das pessoas infetadas, 1.095 estão hospitalizadas, das quais 204 em unidades de cuidados intensivos, e o número de doentes curados aumentou de 1.143 para 1.201.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma "abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais".

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais