Basta não desanima com projeções: "Vamos eleger, sim"

Alexandre R. Malhado 26 de maio de 2019

Quem agitava as bandeiras monárquicas, a mais presente na sede do Basta, deixou de o fazer: as primeiras projeções televisivas lhes dão qualquer eurodeputado. Contudo, a coligação de André Ventura ainda tem esperança.

As projeções não dão qualquer eurodeputado para o Basta, aliança formada pelo Chega, Partido Popular Monárquico, Partido Pró-Vida e o movimento Democracia 21. Sem André Ventura à vista na sede da coligação, foi o líder do PPV Manuel Matias que deu a primeira reação: "Calma, muita calma... Isto vai ser uma reviravolta como na Taça de Portugal. Vamos eleger um eurodeputado", disse à SÁBADO enquanto a SIC divulgava a primeira projeção. 

A vitória do Sporting em penáltis na Taça de Portugal este sábado tem sido uma metáfora mais usada pelo líder do PPV para explicar esta eleição europeia. "Pelo que temos ouvida das pessoas e pela abstenção, acredito que vamos eleger. Estou confiante, se não fosse assim não teriamos feito a coligação", explicou.

Apesar da esperança do líder do PPV, as primeiras projeções televisivas foram recebidas com algum desanimo. Quem agitava as bandeiras monárquicas, a mais presente nesta sede, deixou de o fazer. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais