Trump acusado de cometer "crime contra a humanidade"

Trump acusado de cometer 'crime contra a humanidade'
Mariana Branco 15 de abril de 2020

Numa altura em que a pandemia de covid-19 já infetou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo, o presidente norte-americano anunciou que os EUA vão suspender o financiamento da Organização Mundial da Saúde.

Donald Trump anunciou na terça-feira que os Estados Unidos vão suspender o financiamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), por esta ter deixado implícito, a determinada altura, que o coronavírus "não era transmissível". Richard Horton, diretor da importante revista médica The Lancet, classifica a decisão anunciada pelo presidente norte-americano como "um crime contra a humanidade".

"A decisão do presidente Trump de deixar de financiar a OMS é simplesmente isto: um crime contra a humanidade", escreveu no Twitter o médico britânico. "Todos os cientistas, todos os trabalhadores da área da saúde, todos os cidadãos devem resistir e rebelar-se contra esta traição atroz contra a solidariedade global", afirmou Horton.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais