Taiwan alertou OMS da propagação do coronavírus em dezembro, mas foi ignorado

Correio da Manhã 14 de abril de 2020

Taiwan alertou a OMS para a existência de pelo menos sete casos de pneumonia atípica registados em Wuhan através de um email. Agora, o país acusa o órgão da ONU de subestimar a gravidade da situação e a propagação do novo coronavírus.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) está a ser duramente criticada após Taiwan ter divulgado o conteúdo de um e-mail que enviou para a entidade em dezembro de 2019. Neste e-mail, a OMS era questionada sobre a propagação do coronavírus de pessoas para pessoa.

De acordo com a Fox News, este e-mail foi ignorado pela OMS, que negou ainda divulgar informações necessárias para combater a Covid-19.

Taiwan acusa agora a OMS de subestimar a gravidade da situação e a propagação do novo coronavírus, mesmo depois de ter sido alertada por Taiwan de pelo menos sete casos de pneumonia atípica registados em Wuhan, cidade chinesa onde o vírus surgiu, em dezembro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais