Primeiro-ministro espanhol utilizou avião presidencial para ir a concerto

Diogo Camilo com Leonor Riso 23 de julho de 2018

Pedro Sánchez aproveitou uma reunião em Valência com o presidente da Câmara para ir ver a banda The Killers e está a ser criticado.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, decidiu utilizar o avião oficial do governo para marcar presença num concerto da banda norte-americana The Killers e "choveram" comentários negativos por parte da oposição. Tanto que os partidos Ciudadanos e PP levaram a questão ao congresso, formulando questões relativas à utilização do avião presidencial "para fins privados".

Tudo se passou na passada sexta-feira, quando Pedro Sánchez aterrou no aeroporto de Castellón para se encontrar com Amparo Marco, o presidente da câmara de Valência. A figura de estado foi depois a pé até ao centro da cidade, onde teve uma reunião "informal" com Ximo Puig, chefe do conselho da cidade.

O encontro acabou às 18h30, mesmo a tempo de Sánchez se dirigir até ao Festival de Benicàssim, onde assistiu ao concerto dos norte-americanos The Killers junto da sua mulher, Bergoña Gómez. O primeiro-ministro esteve numa bancada lateral junto ao palco, mas antes ainda passou pelos bastidores do concerto e subiu ao palco principal do festival.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais