EUA

O vício dos americanos por armas

Pelo menos 58 pessoas morreram na sequência de um tiroteio em Las Vegas. Dados mostram que EUA são o país com mais armas de fogo per capita.

O ataque em Las Vegas

Foi em Out Among The Stars que Johnny Cash resumiu a contradição que o americano comum enfrenta: "He can't find a job, but Lord, he's found a gun" ["Ele não consegue encontrar um emprego, mas Deus, ele encontrou uma arma]. O acesso dos americanos às armas de fogo voltou a estar na ordem do dia com o massacre desta segunda-feira,quando um atirador abriu fogo no meio de uma população de um concerto de música country, no Mandalay Bay Resort and Casino, em Las Vegas. Pelo menos 50 pessoas morreram e centenas ficaram feridas. O atirador estava a disparar do quarto de hotel onde estava instalado e foi abatido pelas autoridades. 

Este foi o tiroteio mais mortífero dentro de território norte-americano desde 1949. Em 2016, um atirador abriu fogo na discoteca Pulse, em Orlando, matando 49 pessoas. Até então este tinha sido o tiroteio mais mortífero nos EUA do qual havia registo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais