Louisa queria viajar pelo mundo. Mas alguém a matou em Marrocos

Louisa queria viajar pelo mundo. Mas alguém a matou em Marrocos
Mariana Branco 19 de dezembro de 2018

Na segunda-feira, os corpos de duas turistas nórdicas foram encontrados com marcas de violência nos pescoços numa região montanhosa em Imlil, no sul de Marrocos. As duas queriam subir ao Monte Toubkal.

Louisa tinha 24 anos. Sonhava viajar pelo mundo e um dia chegar ao Ártico. Mas, numa viagem a Marrocos com uma amiga, alguém a matou. Na segunda-feira, os corpos de Louisa Vesterager Jespersen, dinamarquesa de 24 anos, e de Maren Ueland, norueguesa de 28, foram encontrados com marcas de violência nos pescoços numa região montanhosa em Imlil, no sul de Marrocos. As duas queriam subir ao Monte Toubkal.

O Ministério das Relações Exteriores marroquino informou que um suspeito tinha sido detido em Marraquexe, estando outros suspeitos a ser procurados. Esta quarta-feira, testemunhas citadas pelo Daily Mail garantem que três homens foram vistos a acampar perto das duas mulheres. "Agressões sexuais podem ter motivado o crime", disse uma testemunha.

Duas turistas nórdicas encontradas mortas em Marrocos

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais