Incêndios na Austrália já causaram 29 mortos

Lusa 19 de janeiro de 2020
As mais lidas

Homem de 84 anos, que tinha sofrido queimaduras em incêndio, acabou por morrer em hospital de Sydney. Chuva e a descida de temperaturas têm ajudado bombeiros nos últimos dias.

Um homem de 84 anos, que tinha sofrido queimaduras nos incêndios na Austrália, morreu no sábado em Sidney, elevando para 29 o número de vítimas mortais dos fogos no país.

Incêndios Austrália
Incêndios Austrália EPA

De acordo com a polícia australiana, o homem estava hospitalizado desde 31 de dezembro em consequência de queimaduras sofridas nos incêndios na localidade de Cobargo.

A chuva e a descida de temperaturas registadas nos últimos dias ajudaram os bombeiros a conter dezenas de focos ativos dos incêndios em Vitória e Nova Gales do Sul, o estado mais afetado pelos fogos e onde se registaram 21 mortos.

Desde que começaram, no passado mês de setembro, os incêndios na Austrália devastaram uma área de mais de oito milhões de hectares, o equivalente à área da Irlanda, e estima-se que tenham matado até mil milhões de animais selvagens.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais