"Ela parecia ser tudo o que eu queria ser", diz testemunha no julgamento de Ghislaine Maxwell

'Ela parecia ser tudo o que eu queria ser', diz testemunha no julgamento de Ghislaine Maxwell
SÁBADO 07 de dezembro de 2021

"Kate" testemunhou, no tribunal federal de Manhattan, que tinha 17 anos quando conheceu Maxwell. Terá sido a socielite que a apresentou a Jeffrey Epstein.

"Ela parecia ser tudo o que eu queria ser". Foi assim que Kate (nome fictício) descreveu a socialite Ghislaine Maxwell no julgamento desta última. Maxwell, ex-companheira do milionário Jeffrey Epstein, é acusada de vários crimes, entre eles seis de tráfico humano. Kate é uma testemunha ouvida na última sessão do julgamento que arrancou na semana passada. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais