Deputada inglesa revela o que dizia o bilhete que recebeu no dia da morte da rainha

"Li as entrelinhas do bilhete, porque não iria receber uma carta a dizer 'a rainha não se sente bem', se ela tivesse apenas uma tosse ou uma constipação”, disse Rayner .

"A rainha não está bem e o Keir precisa de sair da assembleia assim que possível para ser informado." Era o que dizia o bilhete que Angela Rayner, vice-líder do partido trabalhista, recebeu no dia da morte da rainha, a 8 de setembro, em pleno parlamento.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais