Covid-19: Alemanha anuncia contribuições elevadas no orçamento da UE

Lusa 23 de abril de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas

Angela Merkel disse que o governo alemão está disposto a aumentar, de forma temporária, o orçamento europeu para ajudar os parceiros mais afetados pela pandemia.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje que o governo da Alemanha está disposto a aumentar, de forma temporária, o orçamento europeu para ajudar os parceiros mais afetados pela pandemia de covid-19.

Merkel
Merkel EPA/ANDREAS GORA

"A Alemanha está disposta, no espírito de solidariedade e de forma temporária, a fazer contribuições claramente mais elevadas no quadro do orçamento comunitário" para ajudar os parceiros mais atingidos pela pandemia, disse Merkel no Bundestag (Câmara Baixa do Parlamento alemão).

Merkel reiterou que emitir dívida europeia - como "coronabonds" - implicaria reformar os tratados comunitários que exigem a ratificação pelos parlamentos nacionais, uma opção que poderia demorar a tornar-se prática e numa altura em que a crise requer ajudas financeiras urgentes.

Por isso, Angela Merkel defendeu "instrumentos rápidos".

 

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais