Como a Cambridge Analytics ajudou Trump a vencer as eleições

Como a Cambridge Analytics ajudou Trump a vencer as eleições
Diogo Barreto 23 de março de 2018

Funcionários da Cambridge Analytica divulgaram um PowerPoint interno que mostra as tácticas utilizadas para a campanha de Donald Trump.



Foi divulgada uma apresentação em que a Cambridge Analytica explicava como tinha utilizado o Google, o Snapchat, o Twitter, o Facebook e o Youtube para ajudar a eleger Donald Trump como 45º presidente dos EUA. O documento foi criado pelos responsáveis da empresa que acompanharam as eleições de 2016 e tem sido um dos cartões de visita para angariar novos clientes, informa o jornal The Guardian.

O texto disponibilizado pelo site noticioso inglês começa com um auto-elogio feito pelos redactores do documento: "Quando começámos a trabalhar na campanha de Donald Trump não havia uma única infra-estrutra que trabalhasse com dados de comunicação". 

A leitura da apresentação permite perceber que os anúncios foram visualizados "milhares de milhões de vezes". Este Power Point demonstrava que a empresa usa "dados em bruto", "modelização", "sondagens" e "análise analítica" para criar conteúdo para audiências específicas que terão, como fim partilhar os dados em "plataformas de media". No centro do slide em que isso é referido está o logótipo do Facebook.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais