Charlie Hebdo desenha Deus assassino na capa

04 de janeiro de 2016

Edição que marca o primeiro aniversário dos atentados que atingiram o semanário satírico é vendida a partir de dia 6 de Janeiro

O número especial do Charlie Hebdo que assinala o primeiro aniversário do ataque terrorista tem Deus na capa. O homem de barba que o representa surge com uma kalashnikov ao ombro. Na legenda, lê-se: "Um ano depois, o assassino continua à solta".

À venda a partir de quarta-feira, dia 6 de Janeiro, esta edição especial teve uma tiragem de um milhão de cópias em França. Para além destes exemplares, serão enviadas outras centenas para o estrangeiro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais