Argentina. Cristina Kirchner condenada a seis anos de prisão por corrupção

Argentina. Cristina Kirchner condenada a seis anos de prisão por corrupção
Ana Bela Ferreira 06 de dezembro de 2022

Vice-presidente e antiga presidente do país foi considerada culpada de entregar contratos públicos a um empresário amigo que lhe pagou avultadas quantias em dinheiro. A ela e ao falecido marido, o ex-presidente Nestor Kirchner.

O tribunal federal 2 da Argentina condenou esta terça-feira a atual vice-presidente Cristina Kirchner a seis anos de prisão por corrupção. O caso está ligado a obras públicas atribuídas a um empresário aliado da governante.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais