Daqui não sai lixo: como restaurantes e clientes combatem o desperdício alimentar

O desperdício de vegetais e carne tem proporções mundiais significativas e há restaurantes e consumidores à procura de uma nova lógica para a alimentação - sem produção de lixo. Conheça ainda as apps que ajudam os consumidores nesta tarefa.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas GPS
Daqui não sai lixo: como restaurantes e clientes combatem o desperdício alimentar
Catarina Moura 15 de fevereiro
Sérgio Lemos

Por paradoxal que possa parecer, Maria e Rui apresentam-se como 100 por cento vegetais. São de carne e osso, como é legítimo esperar-se de qualquer humano, mas descrevem-se assim para não dizerem que são veganos. "Não usamos essa expressão porque a mensagem que queremos passar está para lá disso. 90 por cento dos nossos clientes não são vegetarianos, são pessoas que se preocupam com o que comem, com a sua origem — se é biológico, sustentável. Este não é um espaço confrontacional", diz Rui Catalão, um dos donos, cozinheiros e criativos por trás do Kitchen Dates, o primeiro restaurante sem caixote do lixo em Portugal, inaugurado em 2019 e que encerra no final de feveiro de 2021, acusando os efeitos da pandemia.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)