O que é o Pegasus, o programa que espiou jornalistas e políticos?

O que é o Pegasus, o programa que espiou jornalistas e políticos?
Diogo Barreto 19 de julho

Centenas de jornalistas, políticos e ativistas foram vigiados através de um programa de espionagem que se introduz no telemóvel dos utilizadores. Jornalista saudita Jamal Khashoggi foi um dos visados.

Um spyware chamado Pegasus foi usado para espiar telefones de jornalistas e ativistas dos direitos humanos. Pelo menos 180 jornalistas foram alvos de atos de espionagem. Uma lista com 50 mil nomes de potenciais alvos de vigilância cibernética foi obtida pela Amnistia Internacional e pela organização não-governamental francesa Forbidden Stories.

Que software é este?

O Pegasus é um programa que permite aceder aos telemóveis de alvos e monitorizá-los. O programa de spyware pode ser usado para extrair todos os dados de um aparelho móvel (de fotografias a mensagens e registos de chamadas) e ativar o microfone para espiar as conversações, de forma discreta e impercetível para o utilizador.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui