"País deve unir-se para salvar a TAP da pandemia", defende Antonoaldo Neves

Lusa 23 de junho de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas

Presidente executivo considera que a companhia aérea não teria sobrevivido à pandemia de covid-19 se não fossem os investimentos que fez nos últimos quatro anos.

O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, disse esta terça-feira, na Assembleia da República, que é preciso que o país se una para salvar a companhia aérea da pandemia e preparar o plano para o futuro.

presidente da TAP  Antonoaldo Neves
presidente da TAP Antonoaldo Neves Miguel Baltazar / Correio da Manhã

O responsável da transportadora aérea falava perante os deputados da comissão parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação quando considerou ser necessário "unir o país para salvar a TAP da pandemia".

Antonoaldo Neves defendeu ainda que a companhia aérea não teria sobrevivido à pandemia se não fossem os investimentos que fez nos últimos quatro anos, por exemplo, com a renovação de frota e aumento de rotas, nomeadamente para os Estados Unidos.

"O desafio é muito grande e é global. [...] A procura não vai vir na velocidade que a gente gostaria. É muito importante neste momento o país se unir à volta do plano futuro da TAP", acrescentou.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais