Os conselhos de Caitlyn Jenner: "Apostem, enganem, mintam e roubem"

Os conselhos de Caitlyn Jenner: 'Apostem, enganem, mintam e roubem'
Diogo Barreto 09 de novembro de 2017

A transgénero mais famosa do mundo esteve na Web Summit e revelou as palavras que a ajudaram a chegar onde está hoje.


Caitlyn Jenner era um dos nomes mais esperados de toda a Web Summit. A transgénero mais mediática da década veio falar sobre identidade de género e, assegura, contar a sua história: não representar a comunidade trans.

A activista deixou claro um ponto, desde o início da sua intervenção: "Eu venho aqui para contar a minha história e a minha experiência. Não sou a representante oficial da comunidade trans". Caitlyn começou então a contar como se sentia uma fraude quando dava palestras sobre motivação "e de como atravessar os obstáculos mais difíceis na vida".

"Enquanto fazia esses discursos sentia-me uma fraude porque por debaixo das minhas roupas tinha um sutiã, umas cuecas de senhora ou uns collants, para me sentir mais segura", explica referindo-se aos anos em que discursava sob o nome Bruce Jenner e era convidado por ter tido sucesso "durante umas horas nos Jogos Olímpicos de 1976", em Montreal, em que ganhou a medalha de ouro no decatlo pelos EUA. "Agora já não tenho de esconder, posso dizer que debaixo desta camisola tenho mesmo um sutiã", garantiu recebendo alguns risos da audiência que parecia bastante receptiva à história da oradora (uma realidade bastante distinta daquela que se pode ler em maior parte das caixas de comentários das redes sociais em Portugal).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais